INGESTÃO DE CARNE ULTRAPROCESSADAS CAUSAM CERCA DE 222 MIL MORTES AO ANO NO MUNDO

Aumentar bastante os impostos sobre as carnes ultraprocessadas evitaria cerca de 222 mil mortes por ano, no mundo. É o que diz pesquisadores da Universidade de Oxford, no Reino Unido. Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), o mesmo equivale para carnes defumadas, curadas e até as carnes vermelhas comuns – essa última, muitas vezes associada as doenças cardiovasculares.

A diminuição de ingestão de carnes ultraprocessadas, pode ajudar a prevenir casos como o câncer, derrames, doenças cardíacas e diabetes do tipo 2, na população em geral. Se cada país do mundo adotasse essa medida de taxação sobre este alimento ultraprocessado, baseando-se nos níveis atuais de consumo, gerariam uma economia anual de US$ 40 bilhões (R$ 150 bilhões). Isso porque esse sistema de taxação não impediria que as pessoas deixassem de comer carnes ultraprocessadas (bacon, salsicha, nuggets e outros embutidos). Mas diminuiria o incentivo à compra, e descongestionaria o sistema de saúde.

Já em relação as carnes vermelhas e processadas, a grande preocupação está no nível de consumo, considerada acima do recomendável nos países de alta e média renda. Para o pesquisador do Departamento de Saúde Populacional da Universidade de Oxford, Marco Marcomann, em entrevista ao jornal britânico “Independent”, o consumo excessivo está gerando impactos não apenas nas saúde das pessoas, como também nos sistemas de saúde, que são muitas vezes financiados pelos contribuintes, e na economia, na qual trabalhadores estão perdendo saúde, devido o tempo que gastam no tratamento deles e de seus entes mais próximos.

Alguns países, como a Dinamarca e o Reino Unido, são a favor da taxação das carnes do mesmo modo que são taxados o cigarro, ao álcool e a outros produtos que são prejudiciais à saúde. Resta saber qual vai ser posicionamento dos demais países sobre o assunto.




Fontes:

O GLOBO


       
NUTRI NOTICIAS Nº 87
Edições Anteriores
NUTRI NOTICIAS Nº 86
NUTRI NOTICIAS Nº 85
NUTRI NOTICIAS Nº 84
NUTRI NOTICIAS Nº 83
ecoleo CVC
  INSTITUCIONAL JURIDICO CONTRIBUIÇÕES CURSOS BENEFÍCIOS +  
  Quem Somos Atendimento Associativas SindiNutri-SP Convênios LINKS  
  Palavras do Presidente Piso Salarial Sindical Parceiros Hotéis / pousadas CONTATO  
  Diretoria Atual Tabela de Honorários Confederativa Pós-Graduação      
  Colaboradores Convenções/Disssídios Assistencial        
  Estatuto Homologações Dúvidas Frequentes        
  Conheça o SindiNutri-SP            
  Sede São Paulo

Rua 24 de Maio, 104 - 8 andar - Centro - 01041-000
Fones: (11) 3337.5263 / 3338.2539
E-mail: sinesp@sindinutrisp.org.br
Horário de atendimento: 9hs às 17hs00 de 2ª à 6ª
 
2014 - Sindicato dos Nutricionistas do Estado de São Paulo
Desenvolvido por IZ3